Ubuntu 11.10 - Oneiric Ocelot

Após seis meses de desenvolvimento encontra-se disponível para download a ultima versão do Ubuntu (versão 11.10). Com um interface Unity melhorado, novas e melhores funcionalidades e inclusive algumas aplicações novas o Ubuntu 11.10 é promissor, mas será que supera as expectativas?

O Ubuntu 11.10 tem como base o trabalho desenvolvido na sua versão anterior (11.04). Apesar de existirem bastantes alterações no Ubuntu 11.10 estas são evolucionárias e não tanto revolucionárias. Tal facto não é de todo negativo, por exemplo o interface Unity amadureceu transformando-se numa ferramenta de trabalho intuitiva e fiável; algumas aplicações base foram substituídas; e o novo ecrã de login enquadra-se no estilo do interface Unity. Todas as mudanças relativamente menores ou subtis são uma boa adição a um conjunto mais coeso e por sua vez melhorado.

Jane Silber da Canonical refere-se a esta “facilidade de utilização e estilo” como o motivo pelo qual o Ubuntu é actualmente um fenómeno global, não apenas para administradores de sistema, programadores ou utilizadores avançados mas também “para uma comunidade crescente de utilizadores convencionais que procuram um modo mais simples e seguro de utilizar o PC”. Enquanto aguarda pela conclusão do seu download aproveite para ver algumas das novidades... Alterações no interface Unity

As alterações no interface Unity saltam imediatamente à vista. O Dash é agora aberto através de um ícone no menu do launcher. A cor do Dash é determinada a partir da cor mais predominante do seu wallpaper.

Foram integradas lentes no Dash, que incluem bastantes alterações tais como tempos de carregamento reduzidos, resultados de procura melhorados e novas opções de filtragem, que permitem ao utilizador encontrar as suas aplicações e ficheiros mais facilmente. Aspecto

Os temas padrão do Ubuntu (Ambience e Radiance) têm melhor aparência devido à sua integração em GTK 3. E existem 14 novas imagens de wallpaper disponíveis e à escolha do utilizador. Novas aplicações padrão

O Ubuntu vem com o software mais importante já pré-instalado. O Firefox 7 é o navegador de Internet padrão, o qual lhe permite aceder a uma enorme quantidade de addons e extensões. Para as suas necessidades de produtividade o Ubuntu disponibiliza o LibreOffice (compatível com o Office da Microsoft) o qual inclui ferramentas de processamento de texto, folha de cálculo, apresentações gráficas e bases de dados. O Mozilla Thunderbird substituiu o Evolution como a aplicação padrão de email. O Thunderbird é fácil de configurar bastando introduzir os detalhes pessoais para que ele trate de tudo o resto. Esteja de olho no ícone do launcher para ver o email recebido.

O Shotwell Photo Manager permite-lhe gerir e editar as suas fotos de forma intuitiva e também oferece suporte de upload para o Flickr, Facebook e outros web sites sociais. Uma menção especial é atribuída ao cliente social padrão do Ubuntu o Gwibber, o qual foi completamente redesenhado. Agora mais leve, rápido e com um interface mais agradável é um prazer usá-lo para ler os seus Tweets ou actualizar o Facebook. Fazer backups é muito importante, como tal o Ubuntu disponibiliza a ferramenta de backup padrão Deja Dup. Vá às definições de Sistema > Cópia de Segurança para realizar backups dos seus ficheiros importantes para um disco, partição ou mesmo para o serviço cloud Ubuntu One.

O leitor de música Banshee, com integração do serviço Ubuntu One Music Store; o leitor de vídeo Totem; e o Tomboy notes; com sincronização ao Ubuntu One, também são incluídos de raiz. Seis jogos vêm pré-instalados, incluindo títulos populares tais como o Mines e o Mahjong. Para obter títulos mais avançados ou que apresentem um desafio acrescido dirija-se ao Centro de Programas Ubuntu. Por outro lado duas aplicações foram removidas: O editor de vídeo PiTiVi e a ferramenta de gestão avançada de pacotes 'Synaptic'.